segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

De médico e de louco, todos temos um pouco...


Ontem, por puro prazer, reli "O Alienista", que considero o melhor dos livros escritos por Machado de Assis. Reli "de um só fôlego", como dizem ao se referir a uma leitura ininterrupta.

Havia lido aquele livro há não menos que 20 anos atrás, mas relendo-o, fui identificando o quanto ele é atual, apesar de haver sido publicado em 1882.

O livro conta a história do Dr. Simão Bacamarte, médico alienista (hoje chamados de psiquiatras), que causa uma verdadeira revolução na pequena cidade de Itaguaí, ao construir a sua "Casa Verde", o primeiro asilo para loucos que se tem conhecimento, visto que os loucos eram isolados em suas próprias casas, por seus familiares.

Não vou falar sobre o humor ácido e da fina ironia do Machado de Assis. Apenas convido-os a ler o livro. Tem poucas páginas, se isso possa parecer animador e agora, soube, há também uma versão em quadrinhos, o que provavelmente deixará a leitura mais agradável aos que não têm o hábito da leitura.

Mas quero destacar aqui, uma fala do personagem "João Pina", que foi o segundo barbeiro golpista a depor a câmara dos vereadores, na época o maior poder local, depondo o barbeiro "Canjica", que, por sua vez, também assumira o poder através de um golpe. Foram suas principais medidas de governo, entre outras, que ajudaram a dar esse ar de atualidade à obra, pois o país não mudou. Vejamos:

- Vamos manter a política econômica do meu antecessor;

- Os ricos, que não aceitam pagar impostos mesmo, continuam sem ser incomodados;

- Já os pobres, que não têm como pagar imposto nenhum, também ficam como estão. E vamos distribuir esmolas a eles, para o caso de precisarmos do seu apoio contra a oposição;

- Já os que não são ricos nem pobres, vamos sangrá-los de tanto pagar tributos, que é o destino deles custear a popularidade que desejo entre os pobres e os favores que pretendo conceder aos ricos.

Alguma semelhança com os dias atuais? Com o "bolsa-família"? Com o achatamento da classe média?

Meditemos... Viva Machado de Assis!

Recife - PE
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário. Sua opinião, sugestão e crítica construtiva, sempre será bem-vinda.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...