terça-feira, 23 de dezembro de 2008

É fogo!

"Não posso respirar, não posso mais nadar
A terra está morrendo, não dá mais pra plantar
Se planta não nasce se nasce não dá
Até pinga da boa é difícil de encontrar
Cadê a flor que estava aqui?
Poluição comeu.
E o peixe que é do mar?
Poluição comeu
E o verde onde que está ?
Poluição comeu
Nem o Chico Mendes sobreviveu"



Há pessoas que dão sua própria vida por um ideal e, embora vivendo na sociedade imediata, consumista e egoísta dos dias atuais e por ela vista como "ingênuos" ou "idiotas", sempre, no decorrer da história, foram elas que "fizeram a diferença".

O seringueiro Chico Mendes, cujo assassinato completou 20 anos no dia de ontem, foi uma dessas pessoas que oferecem a própria vida por uma causa.

Certamente, se hoje fosse vivo, teria a tristeza e o desapontamento de ver pessoas que supostamente lutavam a seu lado, mas hoje, seduzidos pelo poder e pelo capital, "advogam" a favor dos que desmatam e degradam a floresta, sufocando ainda as vozes que, como a de Chico Mendes, gritavam e lutavam. Um exemplo disso foi a demissão da ministra Marina Silva, do Ministério do Meio-Ambiente, após ter sido submetida a um processo de "fritura" e de descrédito, armas dos covardes.

O cantor Lenine, em seu mais recente album, Labiata, gravou a música "É fogo", de sua autoria, em parceria com Carlos Rennó. A letra dessa música é um "alerta" a todos, que ainda não despertaram para o grave problema da degradação ambiental, com graves consequências a curto, médio e longo prazo.

Que planeta vamos deixar para as futuras gerações? Pensemos nisso!

Éramos uma pá de apocalípticos,
De meros hippies, com um falso alarme...
Economistas, médicos, políticos
Apenas nos tratavam com escárnio.
Nossas visões se revelaram válidas,
E eles se calaram mas é tarde.
As noites tão ficando meio cálidas...
E um mato grosso em chamas longe arde
O verde em cinzas se converte logo, logo...
É fogo! é fogo!
Éramos uns poetas loucos, místicos
Éramos tudo o que não era são;
Agora são com dados estatísticos
Os cientistas que nos dão razão.
De que valeu, em suma, a suma lógica
Do máximo consumo de hoje em dia,
Duma bárbara marcha tecnológica
E da fé cega na tecnologia?
Há só um sentimento que é de dó e deMalogro...
É fogo... é fogo...
Doce morada bela, rica e única,
Dilapidada só como se fôsseis
A mina da fortuna econômica,
A fonte eterna de energias fósseis,
O que será, com mais alguns graus celsius,
De um rio, uma baía ou um recife,
Ou um ilhéu ao léu clamando aos céus,
se osMares subirem muito, em tenerife?
E dos sem-água, o que será de cada súplica,
De cada rogo
É fogo... é fogo...
Em tanta parte, do ártico à antártida
Deixamos nossa marca no planeta:
Aliviemos já a pior parte daTragédia anunciada com trombeta.
O estrago vai ser pago pela gente toda;
É foda! é fogo!...
É a vida em jogo!

Recife - PE
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

Dentro da Bota disse...

*•☆•*¸.•*☆.•*☆*•☆•*¸.•*☆.•*☆.•*☆

Um Otimo Natal...
E um maravilhoso 2009!!!!

Buon Natale..
e Felice 2009!!!!

Gioconda...
Roma
*•☆•*¸.•*☆.•*☆*•☆•*¸.•*☆.•*☆.•*☆

Alessandra disse...

Olá Tinho!!
É verdade que a atual população bem quer saber do hj e o amanhã pouco importa.
Que neste natal possamos refletir sobre o dom da vida! Sem esquecer de passar adiante a compaixão!
Feliz Natal!!
Beijos e Afagos da Lelê! =D°

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário. Sua opinião, sugestão e crítica construtiva, sempre será bem-vinda.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...