quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Sobre pepinos e sapatadas


Passadas as eleições municipais e as festividades de fim de ano, "nosso guia" volta agora a falar em crise, porém não mais falando em "marolinhas", pois não há mais a necessidade imediata de iludir os incautos que acreditam em suas profecias.

Aproveitou-se de um evento em São Paulo, para abertura da feira "Couromoda", para, entre outras sandices, fazer suas previsões à la "Mãe Diná" e destilar sua retórica de mau gosto.

Agora admite que "a crise financeira deve provocar uma CONVULSÃO SOCIAL em consequência do desemprego que deve atingir os países diretamente envolvidos na turbulência dos mercados". Não deixou claro que inclui o Brasil nesse "time", mas para bom entendedor... Basta ver a realidade e as notícias. A GM acaba de demitir de uma só vez, mais de 700 trabalhadores, só para dar um exemplo.

Em março começa a estourar a enorme inadimplência por conta dos que, irresponsavelmente, seguiram os conselhor presidenciais e gastaram e gastaram e gastaram, no fim do ano passado. Sugiro que cobrem a conta do "energúmeno".

Mais tarde, revelou mais uma vez a sua preferência por símbolos fálicos, ao referir-se presidente eleito dos EUA, a quem chama, por razões etílicas, de "Bavária ou Brahma": "O presidente Obama está com um pepino muito grande".

Ao fim da sua encenação, após sugerir que fossem jogados sapatos na imprensa, encerrou com essa pérola: "Não tinha como deixar de ser otimista. Sou católico, corintiano, brasileiro e presidente do meu país".

E quem tem culpa disso?

Recife - PE
Comentários
1 Comentários

1 comentários:

trezende disse...

Tem mais gente precisando de uma sapatada...

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário. Sua opinião, sugestão e crítica construtiva, sempre será bem-vinda.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...