sábado, 14 de fevereiro de 2009

Bolsa-Vaselina


Ontem, "sexta-feira 13", foi dia de lobisomen passear em Recife, inclusive com direito a "comitiva presidencial" carregada de puxa-sacos.

A cultura popular, incentivada por um dos "pacotes de bondade" do governo "lobisomista", inspirou-se num cordel, dedicado ao "bolsa-vaselina". Programa governamental que adquiriu kits de lubrificante íntimo, para distribuir com a "comunidade gay". Eis o cordel:


Sem ter mais o que doar,
o governo da nação
resolveu, virando os olhos,
gastar mais de um milhão,
doando para os viados (sic)
Bolsa-Lubrificação.

Quem tem o seu pode dar
da forma como quiser
seja feio, seja bonito,
seja homem ou mulher.
E tem que aguentar o tranco
da forma como vier.

O governo federal
que em tudo quer se meter,
decretou que o coito anal
tem, mas não pode doer.
E o bolsa-vaselina
surgiu para socorrer.

Quinze milhões de sachês:
a festa está animada!
Vai ter festa a noite inteira
até mesmo na esplanada,
sem ninguem, sequer sentir,
a hora da estocada.

Coitada da prega-mãe,
vai perder o seu valor.
Pois é ela quem avisa
na hora que aumenta a dor.
E protege as outras pregas
de algum violentador.

O governo quer tirar
do gay a satisfação,
como mulher sem prazer
(fonte de reprodução),
porque tanta vaselina
vai tirar a "sensação".

- É para reduzir danos!
- Defende logo um petista -
Porque na hora do coito
dá um escuro na vista
e a dor é tão profunda,
que eu sinto dó do artista.

- Mas tu já desse o bichim?
- Pergunta Zé de Orlando.
O governista sai bravo,
dando coice e espumando,
pega o "rabo de cavalo"
e sai no dedo enrolando.

O Brasil é mesmo assim:
Prostituta tem prazer,
vagabundo tira férias,
se trabalha sem comer.
E quem dá o "ás-de-copas",
dá mas não pode doer.

O governo resolveu
Dar bolsa prá todo mundo
E criar um grande exército
de milhões de vagabundos.
Só faltava essa bolsa
de "vaselinar" os fundos.

Autoria de Miguezim de Princesa

Recife - PE
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

Anônimo disse...

Com essa bolsa-vaselina
Pra passar em toba de gay
É a invenção de Miguezim
Que em Princesa é o Rei
Eu invento o bolsa-cola
Pra delírio dos boiolas
E dos eleitores de Sarney.

silvia masc disse...

GENIAL, amei... rs
bjs

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário. Sua opinião, sugestão e crítica construtiva, sempre será bem-vinda.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...