quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

E se a vida fosse um eterno carnaval?


Diz a música "Turbilhão", cantada por Moacir Franco, que "A nossa vida é um carnaval. A gente brinca escondendo a dor..."

Que bom se a vida fosse um eterno carnaval e a dor fosse uma fantasia de Pierrot;
Que o roubo fossem apenas de corações; que o verbo "matar"
fosse apenas empregado contra a fome e a sede.

Por enquanto, torço apenas para que "caiam as máscaras das ilusões".


Recife - PE
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

Janaína Elias Chiaradia disse...

Agostinho,

É verdade, bom seria se estivessemos vivendo em um eterno carnaval, porém, enquanto isso, buscamos nos adaptar a nossa realidade...
Um abraço,

trezende disse...

Mas quem disse que a vida dos baianos não é um eterno Carnaval?
Abraço,
Tati.

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário. Sua opinião, sugestão e crítica construtiva, sempre será bem-vinda.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...