domingo, 15 de fevereiro de 2009

É tudo a mesma coisa!


Era um prefeito daqueles bem bandidos, manja? Coronelzão, que mandava e desmandava na cidade e só enfiava a mão no cofre pra roubar ou fazer gracinha pros ricos.

Pois bem, nessa pequena cidade havia uma zona, que ficava numa rua sem calçamento. Era só chover e juntava aquele barro... Quando o prefeito ia à zona, as meninas da casa pediam o asfalto. Na hora do bem-bom ele prometia resolver o problema e depois, nada...

Então elas resolveram mandar uma carta pra ele, com cópia para o vigário e pro juiz, onde tentariam explicar que, embora prostitutas, elas tinham seus direitos de cidadãs e reivindicariam o tal asfalto.

- "Sua santidade, sr. Prefeito..." - começou a escrever uma delas.
- Que santidade uma ova! - retrucou a outra, irritada.

Ela consertou:
- "Excelentíssimo sr. prefeito..."
- Excelentíssimo porcaria nenhuma! - interrompeu outra das piranhas.

E começou aquele bate-boca, discutindo qual seria a melhor forma de se dirigir ao prefeito. Foi quando a dona do bordel cortou caminho entre as moças dizendo:
- Deixa comigo!

Ela pegou a caneta, o papel, e começou a escrever:
- "Meu filhinho querido..."

Recife - PE
Comentários
1 Comentários

1 comentários:

ceiça disse...

ahh kkkkkkkkk,
Boa essa em tinho!!!kkkkkkk.

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário. Sua opinião, sugestão e crítica construtiva, sempre será bem-vinda.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...