quinta-feira, 2 de julho de 2009

Gastando vela com defunto ruim


Eu não queria mais falar aqui sobre essa tal de "crise no Senado", porque tenho escrito bastante no blog e posso correr o risco do "Salada" ficar "carimbado" como um blog anti-sarney, mas os fatos "agridem" meus olhos e ouvidos e é impossível ficar calado.

Aos desavisados, informo: eu não tenho nenhuma filiação partidária e nem pretendo ter. Portanto, sou livre para elogiar ou criticar quem quer que seja, dentro de minha visão que pode ser ou não limitada, mas para isso conto com o beneplácito e a colaboração de todos, através da manifestação de suas opiniões nos comentários que é possível fazer em cada postagem.

Mas vamos aos fatos do dia, dessa tal "crise".

Refrescando a memória dos leitores, vamos tentar lembrar de quando é que houve nessa gestão lula, desde o primeiro mandato, um momento em que o Senado Federal não estivesse na berlinda. Quantos meses se perderam na crise causada pelo então presidente renan calheiros? Qual é de fato, o papel do Senado Federal? É ou não cumprir o seu papel constitucional de ser uma casa legislativa, uma casa onde se produzem e se votam as leis que regerão a sociedade brasileira? Até quando vai perdurar essa crise atual, causada por esse "velho sem-vergonha", patriarca de uma oligarquia que começou a política de terra-arrasada no estado do Maranhão e depois foi estendendo os tentáculos país afora?

Hoje cedo, escuto nos jornais matutinos que "sarney ameaça renunciar". Ora, ora... Até que ponto chega o cinismo. Não é isso mesmo que grita as ruas? Que clama a sociedade?

Diz ainda estar esperando pelo seu "príncipe salvador", que virá, tal qual um cavaleiro do apocalipse, montado em seu ex-cavalo branco, agora preto pela sujeira da lama que escorre de seu cavaleiro. Esse "cavaleiro barbudo", que agora jura até que o presidente do senado é virgem, se necessário for, estava até ontem na África, participando de uma cúpula de presidentes africanos, onde se confraternizou com ditadores sanguinários como Kadafi e com Omar al Bashir, presidente do Sudão, condenado por crimes contra a humanidade em tribunal internacional e até agora impune. Por certo o "cavaleiro" que estender o seu manto protetor também além das divisas nacionais.

Vou tentar não falar mais sobre sarney aqui no blog, pois, como sempre digo, "não vale a pena gastar vela com defunto ruim".

Tenho mais dois assuntos em pauta, que gostaria de falar à partir de hoje, mas começo amanhã. Portanto amanhã tem mais de minha "língua afiada".



Recife - PE
Comentários
1 Comentários

1 comentários:

Gi, Dentro da Bota disse...

Daiiii
Eu tenho que aguentar o Papi Silvio...kkkkkk

Tanti saluti!!!
Gi, Roma

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário. Sua opinião, sugestão e crítica construtiva, sempre será bem-vinda.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...