sábado, 10 de outubro de 2009

Prá não dizer que não falei de flores...




- Prá não dizerem que eu falei que o MST não tem nada de "movimento social" e que não passa de um bando de oportunistas, juntos com um outro bando de bandidos, cujo objetivo de "reforma agrária" passa longe e têm apenas a visão de enriquecimento ilícito...

- Prá não dizerem que eu falei que o energúmeno presidente do Brasil, além de todos os "adjetivos" que merece, é também um IRRESPONSÁVEL, por atribuir um fato negativo de seu governo, o roubo da prova do Enem, a uma ação da oposição, para desestabilizar seu governo...


- Prá não dizerem que nem no sábado de um feriadão, eu relaxo, vão aí alguns versos que "falam de flores". hehehe


FLORES

Elas me olhavam suaves
como se quisessem mostrar-me
o carinho que receberam
das mãos que as apanharam.


Eram flores coloridas
delicadas, muito lindas
que eu adorei receber
da vida e de você.


As vermelhas, minhas preferidas
pousam na alma e queridas
quase não saem de lá.
Ah! Se eu pudesse tocar!


(Trechos da Poesia de Teresa Penhabe)

Recife - PE
Comentários
1 Comentários

1 comentários:

Buh: disse...

Nossa, meua migo, quando fala em MST... me dá uma raiva enorme!
Um jornalista que admiro muito, o Alexandre Garcia ao comentar sobre o fato que ocorreu com as Laranjeiras disse que, se fosse ele - civil- (sozinho) o autor daquela barbaridade teriam o algemado e colocado uma camisa de força nele. Mas se ele estivesse vestido numa camisa vermelha escrita - MST - ngm faria nada com ele. É triste um negócio desses , mas infelizmente é a realidade.
Depois de todos esses problemas, nada melhor que uma boa poesia para acalmar.
Beijos meu amigo, fica com Deus.
P.s.: Adicionei vc no msn, mas nunca o vi online...rs!

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário. Sua opinião, sugestão e crítica construtiva, sempre será bem-vinda.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...