segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Então vale a pena...




Se a morte faz parte da vida
E se vale a pena viver
Então morrer vale a pena
Se a gente teve o tempo para crescer
Crescer para viver de fato
O ato de amar e sofrer
Se a gente teve esse tempo
Então vale a pena morrer

Quem acordou no dia
Adormeceu na noite
Sorriu cada alegria sua
Quem andou pela rua
Atravessou a ponte
Pediu bênção à dindinha lua
Não teme a sua sorte
Abraça a sua morte
Como a uma linda ninfa nua


Então vale a pena
Gonzaguinha

Minha homenagem a uma grande amiga e mulher
que ontem completou sua jornada na terra.


Recife - PE
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

Juliana disse...

Que tua amiga fique em paz, onde estiver...
E tem uma outr música, acho que é de Gonzaguinha também... chama-se " A vida tem sempre razão" Então sim...deve valer a pena...
Um beijão

Janaína Elias Chiaradia disse...

Querido Agostinho,

Vou fazer a transcrição do texto de Santo Agostinho:

"A morte não é nada.
Eu somente passei para o outro lado do Caminho.
Eu sou eu, vocês são vocês.
O que eu era para vocês, eu continuarei sendo.
Me dêem o nome que vocês sempre me deram, falem comigo como vocês sempre fizeram.
Vocês continuam vivendo no mundo das criaturas, eu estou vivendo no mundo do Criador.
Não utilizem um tom solene
ou triste, continuem a rir
daquilo que nos fazia rir juntos.
Rezem, sorriam, pensem em mim.
Rezem por mim.
Que meu nome seja pronunciado
como sempre foi, sem ênfase de nenhum tipo.
Sem nenhum traço de sombra ou tristeza.
A vida significa tudo o que ela sempre significou, o fio não foi cortado.
Porque eu estaria fora de seus pensamentos, agora que estou apenas fora de suas vistas?
Eu não estou longe, apenas estou
do outro lado do Caminho.
Você que aí fica, siga em frente,
a vida continua, linda e bela
como sempre foi."

Lembre sempre...e viva também

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário. Sua opinião, sugestão e crítica construtiva, sempre será bem-vinda.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...