sábado, 13 de março de 2010

Uma família enlutada!




Morreu o cartunista Glauco, mais uma vítima da "violência gratuíta", que parece entranhada em nossa sociedade, fruto, talvez, de nossas próprias contradições.

Morre com Glauco a alegria que proporcionou a todos os que eram fãs de seus personagens, como eu, com os quais convivia diariamente nas tiras de jornais.

Deixou órfãos e enlutados personagens como a tarada Dona marta, o virgem Geraldão, o viciado Doy Jorge, Casal Neuras, Zé do Apocalipse, a adolescente Ficadinha, Zé Malária, o cineasta Edgar Bregman, o menor marginal Faquinha, o oriental Nojinsk, os "de outro mundo" Ozetês, o nerd Netão, entre outros.




Recife - PE
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

Ignoto Jardim disse...

Que história horripilante, que tragédia se abateu sobre essa família, não é? Glauco era muito popular e querido, além de famoso, com uma carreira consolidada.
As versões do crime mudam a cada instante, está tudo tão estranho!

Renata!!! disse...

Bah, q historia terrivel, absurdo a morte dos dois!
Realmente...uma grande perda para nós e para a familia!

Beijinhos

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário. Sua opinião, sugestão e crítica construtiva, sempre será bem-vinda.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...