segunda-feira, 26 de julho de 2010

Polícia para quem precisa de polícia!


Já não basta sermos o "país da corrupção"!

Cada vez mais a sensação de insegurança é latente e junto com ela, a descrença em quem deveria garantir essa sensação: a polícia.

Só na última semana vimos o caso do músico Rafael Mascarenhas, atropelado num racha dentro de um túnel fechado ao trânsito, no Rio de Janeiro que, se não fosse filho de alguém famoso, passaria desapercebido o fato de que os policiais sucumbiram ao suborno de R$ 10 mil, pagos pelo pai do jovem atropelador. Nem quero falar sobre a irresponsabilidade desse pai nem sobre o que exemplo que sempre deve ter dado ao filho de que "o dinheiro compra tudo", mas apenas ressaltar que para existir o corruPTo, tem que haver o curruPTor. Um não existe sem o outro.

Ainda no Rio, segundo denúncia no jornal "Bom Dia Brasil", um vendador que teve seu carro apreendido por documentação irregular, foi agredido com socos e tapas por dois poliiciais, porque recusou-se a pagar um suborno de R$ 200. Chegou a oferecer R$ 30, que foi recusado porque "não queriam esmola".

Na outra ponta, o despreparo dessa mesma polícia, que matou com um tiro um jovem de apenas 14 anos, na garupa da moto de seu pai, porque o pai não obedeceu a ordem de parar, a qual alega não ter ouvido. Era um trabalhador que, num domingo, voltava de um serviço de manutenção num aparelho de ar condicionado, no qual levara o filho para lhe auxiliar.

É um país bem diferente da "ilha de felicidade" que é pintado na propaganda oficial e, brevemente, no guia eleitoral.

Que cada um tire suas próprias conclusões.




Cabo de Santo Agostinho - PE
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário. Sua opinião, sugestão e crítica construtiva, sempre será bem-vinda.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...