domingo, 24 de abril de 2011

O esqueleto sou eu!



Ontem de tarde
senti que dentro de mim
carrego um esqueleto.

Arrepiei-me todo.
E não pude dormir.

Mas hoje dormirei.
Aceitei o esqueleto,
Sei que não veio a mim como um
visitante ou um hóspede.

O esqueleto sou eu



Poema de Daniel Lima

Engenho Cueirinhas - Nazaré da Mata - PE
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário. Sua opinião, sugestão e crítica construtiva, sempre será bem-vinda.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...