sexta-feira, 10 de junho de 2011

Brasil: O paraíso da bandidagem e da impunidade - Parte II



Brasil: país dos paradoxos!

Ontem apresentou-se à polícia paulista, um dos assassinos do jovem Felipe Ramos de Paiva, no mês passado, no Campus da USP, crime que teve repercussão nacional.

Segundo o assassino "ele (Felipe) só tomou bala, porque reagiu. Se tivesse ficado na dele, estaria vivo". Falou isso com um ar de riso entre os lábios. Apresentou-se e saiu impune, pois "não foi preso em flagrante e é réu primário", pérolas de nossa legislação penal, feita por bandidos para bandidos.

Mas a pérola mais preciosa da noite, foi a entrevista concedida por seu advogado, Jefferson Badan, que justificando o porque do assassino não entregar seu comparsa à polícia, justificou que "todo bandido tem ética" e emendou dizendo que "toda profissão tem sua ética". Para quem duvidar, vejam e escutem o vídeo acima.

O paradoxo disso tudo é que, de fato, diante da impunidade e do descaramento de nossos bandidos no poder, tudo leva a crer que "bandidagem" pode vir a ser, de fato, uma profissão regulamentada, com direito a Carteira Profissional, aposentadoria pelo INSS e todos os demais benefícios a que têm direito todos os profissionais neste país.

Por exemplo, cesare battisti já deu entrada no pedido de visto permanente e logo terá também uma carteira profissional.

Como já é um assassino, sugiro que faça um bico como deputado ou senador. Basta pedir que seus "colegas" do "petê", alterem a legislação e permita que se candidate.



Recife - PE
Comentários
1 Comentários

1 comentários:

Ninguém envolvente disse...

Não seria bandidagem parte XXXXXIIIDACN? Só tem bandidagem nesse páis, ultimamente tenho pensado em meter uma bala num cara que fica mexendo comigo na rua, vou dizer "se tivesse ficado na dele, não teria levado chumbo" NÃO É A MESMA COISA?

BJS

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário. Sua opinião, sugestão e crítica construtiva, sempre será bem-vinda.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...