segunda-feira, 18 de julho de 2011

É "elano" que se aprende...


A frase acima poderia ter sido dita pelo personagem Cebolinha, do Maurício de Souza, mas é apenas um trocadilho bem humorado que tenta brincar com a tragédia de um empate sem gols com a seleção paraguaia e a derrota nos pênaltis, com 4 perdidos seguidamente. Se há algo parecido na crônica do futebol, resta saber.

O desempenho da seleção apenas ilustra o sentimento da série "vergonha de ser brasileiro". Nem no futebol, que fez o "esporte bretão" ser praticamente "sinônimo de Brasil", conseguimos mais ser competentes. Também nesse esporte os "ratos/cartolas" carcomem por dentro todas as estruturas, tornando também o futebol e todos os esportes, o antro de corrupção que tornou-se este país.

Enquanto isso nós brasileiros, nos preocupamos em saber "quem matou quem" na novela das oito ou ainda se "vai ou não haver beijo gay na novela". E a banda dos corruPTos passa tocando, incólume e já faz "parte da paisagem".

Errar é "um mano"!


Recife - PE
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário. Sua opinião, sugestão e crítica construtiva, sempre será bem-vinda.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...