terça-feira, 16 de agosto de 2011

No país da piada pronta!

Wladimir Furtado - Foto: Estadão

O Macaco Simão é quem tem razão. Este é, de fato, "o país da piada pronta".

Um pastor evangélico, dono da empresa Conectur, de Macapá, verdadeiro "rio por onde escoava verbas desviadas do Ministério do Turismo", se não bastasse o próprio nome, Wladimir Furtado, ainda pagou a própria fiança com um cheque sem fundo de R$ 109 mil.

Num país sério, seria preso novamente, desta vez também por estelionato. Mas o delegado, graciosamente, deu um prazo para o meliante conseguir fundos para cobrir o cheque.

Como não poderia ser diferente e como agem esses pastores midiáticos, está apelando aos seus "fiés" (leia-se, incautos), para depositarem "o que puderem" para cobrir o cheque. Seria mais fácil se pegasse uma parte das verbas que desviou e cobrisse o cheque.

A Conectur beliscou do Ministério do Turismo, a bagatela de R$ 2,2 milhões. Foi ainda sub-contratada da ONG Ibrasi, suspeita de desvio de outros R$ 4,45 milhões.

E assim caminha a humanidade, nesse país onde a corrupção já foi integrada à paisagem.



Cabo de Santo Agostinho - PE
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário. Sua opinião, sugestão e crítica construtiva, sempre será bem-vinda.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...