sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Adoção! Mais que um ato de amor.


Segundo dados do Conselho Nacional de Justiça, há quase 27 mil casais na fila de adoções no país. Do outro lado da ponta, 4.900 crianças a espera de um lar. Ou seja, o número de casais é mais de 5,5 vezes maior que o número de crianças na fila de espera. O que falta, então?

A resposta está nas preferências explicitadas pelos potenciais adotadores: mais de 36% dos casais, dizem preferir adotar crianças brancas e quase 60% deles, não admitem a hipótese de adotar uma criança com mais de 3 anos de idade. Ainda quase 83% dos casais, rejeita a ideia de adotar irmãos, como determina a lei.

Ocorre que apenas 34% das crianças disponíveis têm a pele branca e mais de 50% têm mais de 3 anos de idade. Sem contar que mais de 77% têm irmãos.

Ou seja, "a fome não combina com a vontade de comer".

Segundo o jornalista Josias de Sousa, "a possível solução desse impasse, inclui a mudança de mentalidade dos casais, a agilização dos processos judiciais e a flexibilização das leis, que regem o processo de adoção".

E nós, o que podemos fazer?



Recife - PE
Comentários
1 Comentários

1 comentários:

Kinha disse...

complicam tanto o que poderia ser simples, não é?

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário. Sua opinião, sugestão e crítica construtiva, sempre será bem-vinda.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...