quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Nossos desejos para esta data!


Seja a que tem sobrenome

Ou a que não tem boneca

Ou a que tem biblioteca

Ou a que passa até fome

Ou a que não sabe o nome

Nem da rua onde mora

Porque sua rua agora

São as ruas da cidade

Que não vê a crueldade

Ao pequenino que chora.

Que seja a de condomínio

Ou a que brinca na laje

Ou aquela sem um traje

Ou a que tem patrocínio

Ou aquela com domínio

No espanhol e no inglês

Ou a que no português

Só aprendeu as vogais

Pra Deus elas são iguais

Não importam os porquês.

Seja a que tem bicicleta

Ou a que não tem escola

Ou a que mendiga esmola

Ou a que a mesa é repleta

Ou a que 10 nem completa

Ou a que tem no Natal

Presentes e coisa e tal.

Cuidemos, por caridade

Pra que essa igualdade

Fique menos desigual.


Poema de Ivan Patriota de Siqueira


Dedicado a todas as crianças, inclusive àquelas que, apesar de nossas idades,
insistem em morar dentro de nós.


Recife - PE

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário. Sua opinião, sugestão e crítica construtiva, sempre será bem-vinda.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...