quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Poeminha... Poemeu...


Nossas vidas são lados
contrários da mesma medalha…

Nossos olhos já não mais se cruzam.

Nossas vozes, já não se afinam.

Nossos sonhos são barcos furados.

Nossos corpos, são versos sem rima.


Escrito em 15.10.1982


Recife - PE

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário. Sua opinião, sugestão e crítica construtiva, sempre será bem-vinda.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...