quinta-feira, 10 de maio de 2012

Do que o "petê" tem medo?


Começa hoje o julgamento de 5 dos acusados pelo assassinato do ex-prefeito da cidade de Santo André, Celso Daniel, morto com sinais de tortura e tiros, em 20 de janeiro de 2002.

Dez anos após o crime, a justiça conclui que o assassinato deveu-se a intenção do Celso Daniel, de denunciar um esquema de arrecadação ilícita de recursos para financiar a campanha a presidente do então candidato, lula da silva, mas que outros membros do partido estavam usando para enriquecimento pessoal.

Que fique claro que o ex-prefeito concordava com o desvio para uso partidário, mas não para uso pessoal. Era gente que acreditava que "ladrão que rouba ladrão, tem 100 anos de perdão".

Há anos que membros do "petê" lutam para que esse crime nunca fosse esclarecido o que, em qualquer país sério do mundo, teria anulado a própria eleição do principal beneficiário do esquema: lula da silva, o "impoluto".

Na busca de não se chegar à verdade, outros assassinatos foram cometidos, inclusive de pessoas envolvidas na execução que dias antes declara que iria falar tudo o que sabia.

Com a palavra, os grandes responsáveis por tudo isso, em especial lula, zé dirceu, antonio pallocci, todos eles "useiros e vezeiros" de "práticas não republicanas".

Com a palavra a sociedade que mais uma vez assiste ao trabalho de cupim desse partido para abafar, por exemplo, o julgamento do mensalão, o maior crime político desse país nos últimos tempos, onde as figuras aqui citadas são os principais responsáveis, desta vez tentando ridicularizar o Procurador Geral da República, Roberto Gurgel, responsável pelas acusações.

Com a palavra os eleitores, todos nós que, em última instância, somos responsáveis pela perpetuação ou pela defenestração desses "chupa-sangue" assassinos.
Recife - PE
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário. Sua opinião, sugestão e crítica construtiva, sempre será bem-vinda.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...