sábado, 29 de setembro de 2012

Quengas velhas, travestidas de novas




Há exatos 20 anos atrás, caía o primeiro (e infelizmente único até agora) presidente do Brasil, por impeachment, collor de mello, envolvido em denúncias de corrupção, junto com o seu séquito que incluía, entre outros, o obscuro paulo césar farias, mais tarde assassinado em circunstâncias até hoje não explicadas, ex-tesoureiro de sua campanha à presidência e eminência parda em seu mandato.

A ascensão "collorida" ao poder, deu-se em cima de uma campanha midiática e enganadora das massas, que o apresentava como "o novo", o "caçador de marajás" e ainda ajudado pelo desastroso governo $arney, em cujo governo a inflação beirou a quase 90% ao mês.

Nem bem assumiu o cargo, tomou medidas desastrosas e impopulares, tentando conter a inflação, apenas represando-a, para voltar com toda força mais tarde.

Não resistiu às denúncias e teve como principais articuladores de sua queda, alguns "inimigos viscerais", entre eles lula e muitos dos que hoje o prestam vassalagem. 


Hoje collor está novamente aí, cumprindo um mandato de senador pelo estado de Alagoas, provando incontestavelmente, justificando a frase do saudoso jornalista Paulo Francis, que pronunciou: "O povo é o grande vilão da história".

Ele tinha razão. Continuamos elegendo e reelegendo corruPTos.

Hoje o fernando collor é "amigo desde a infância" de figuras tão nefastas e corruPTas como ele, na política nacional, antes "inimigos viscerais": lula, $arney, renan calheiros, entre outros.

E eu emendo: os safados que temos no poder, nada mais são do que "uma fotografia em 3 x 4", dos eleitores incautos, despreparados e (muitos deles) safados, como quem são eleitos.

Pensemos nisso antes de darmos o nosso voto para vereadores e prefeitos no próximo dia 07.


Recife - PE
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário. Sua opinião, sugestão e crítica construtiva, sempre será bem-vinda.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...