quarta-feira, 7 de novembro de 2012

A eleição para "dono do mundo"


Houve uma época em que os americanos não elegiam apenas o seu presidente, mas sim "O Dono do Mundo", tão grande era a importância daquele país, nos assuntos que pautavam os demais países mundo à fora, inclusive os países ricos, dividindo apenas pela força bélica, esse poder, com a extinta União Soviética.

Os tempos mudaram e a importância dos Estados Unidos sobre as decisões mundiais, foram, aos poucos, não perdendo importância, mas tornando-se mais relativa. São ainda a maior potência do mundo no que diz respeito à Economia e ao seu poder bélico.

Barack Obama é um presidente sintonizado com essa mudança, ao contrário do seu antecessor, o republicano e obscuro George W. Bush, o "senhor da guerra"... Um "Dom Quixote" às avessas, armando a guerra não apenas contra "moinhos de vento", mas de olho em auferir ganhos escusos para si e seus pares. E também ao contrário de seu recente adversário, Mitney Rommey, um "bush disfarçado".

A reeleição de Obama reafirma uma dubiedade: a segurança do povo americano de que é o mais preparado para conduzir o país nesse momento de "perda de influência" e de crise interna e externa e a segurança de que é ele, que pode fazer, por seus métodos heterodoxos, os EUA voltarem a ter importância menos relativa e mais absoluta.

O mundo mudou e os EUA também mudaram e, certamente, para melhor.

Parabéns Barack Obama!


Recife - PE
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário. Sua opinião, sugestão e crítica construtiva, sempre será bem-vinda.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...