quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

O legal é moral?



Há uma tênue linha que delimita o que é moralmente aceito em relação ao que é legalmente certo. As leis são mutáveis. Os códigos morais também são, mas quando são arraigados em princípios éticos, muito raramente podem ser mudados, porque já são parte inerente à cultura.

É legal, perante as leis vigentes, que o condenado no processo do Mensalão por Corrupção Ativa e Formação de Quadrilha, josé genuíno, assuma a vaga aberta na Câmara dos Deputados, por ser o primeiro suplente. Porém essa decisão passa a centenas de quilômetros da "moralidade".

Ele foi condenado num processo justo, com amplo direito de defesa. Porém as leis brasileiras dizem que ninguém é mesmo culpado, até que sejam esgotadas todas as possibilidades de defesa. É algo parecido com aquele ditado que diz "devo atirar primeiro e perguntar depois". Ou seja, os danos são previsíveis, mas inevitáveis.

E mais uma vez "o queijo é colocado sob os cuidados de mais uma ratazana". Por isso que digo e repito: oh paisinho de gente safada!


Recife - PE
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário. Sua opinião, sugestão e crítica construtiva, sempre será bem-vinda.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...