domingo, 31 de março de 2013

Hoje é domingo, pé de cachimbo



Passa uma borboleta por diante de mim 
E pela primeira vez no universo eu reparo
Que as borboletas não têm cor nem movimento, 
Assim como as flores não tem perfume nem cor.
A cor é que tem cor nas asas da borboleta,
No movimento da borboleta
o movimento é que se move,
O perfume é que tem perfume no perfume da flor.
A borboleta é apenas borboleta e a flor
É apenas flor.


Alberto Caeiro
(heterônimo de Fernando Pessoa)


São Paulo - SP
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário. Sua opinião, sugestão e crítica construtiva, sempre será bem-vinda.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...