quinta-feira, 18 de abril de 2013

Marmelada de banana, bananada de goiaba, goiabada de marmelo...


Hoje, no dia do aniversário natalício de Monteiro Lobato, é dedicado ao "Livro Infantil".

Devo atualmente o hábito de "papa livros", ao hábito da leitura cultivado desde 11 anos de idade, quando li meu primeiro livro, recebido como presente de aniversário. Chamava-se "Curumim Sem Nome", de Balthazar de Godoy Moreira e desde então não parei mais.

Por isso acho fundamental que a leitura seja incentivada desde a mais tenra idade, já que as crianças aprendem a ser cada vez mais cedo. Outra coisa importante é a defesa do livro impresso. Nenhum computador ou tablet, substitui o "cheiro de livro novo", o prazer de virar uma página e as sensações de "viagem mental" a cada capítulo.

Sem contar que o hábito da leitura, favorece a familiaridade com as palavras e, consequentemente, sua grafia correta por parte do leitor; que abre a mente a realidades inimagináveis e a lugares nunca vistos; que ativa a criatividade, etc.

Que o livro infantil nunca pereça!

Recife - PE
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário. Sua opinião, sugestão e crítica construtiva, sempre será bem-vinda.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...