segunda-feira, 8 de julho de 2013

Hello ou "Relô"?



O governo insiste na "importação" de profissionais médicos para, segundo a presidentA, atender nos lugares remotos, onde os médicos brasileiros recusam-se a atender, sem, sequer, submetê-los à validação de seus diplomas aqui no Brasil.

Ao que me consta, essas "cidades ermas" oferecem salários atraentes a esses profissionais, mas não pagam. Sequer dão condições de atendimento em local digno e muito menos oferecem tecnologia para exames, desde os mais simples.

A situação vai ser diferente para os estrangeiros?

Volto a insistir numa sugestão que não deve ser nova, mas que sequer escuto falarem, quando se trata do problema: utilização de médicos recém-formados nas universidades federais, cuja sociedade, através de impostos, custeia essa educação, sem exigir nenhum tipo de retribuição.

Esses médicos são "obrigados" à chamada "residência médica", como complemento de sua formação. Porque não exercê-la nesses locais e ainda serem remunerados por isso?

Quanto aos recursos que precisam ser investidos, basta desviá-los da conta da "corrupção", que será mais que suficiente para pagar salários, deslocamentos e investimento em infra-estrutura, equipamentos e pessoal de saúde.

Recife - PE
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário. Sua opinião, sugestão e crítica construtiva, sempre será bem-vinda.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...