terça-feira, 6 de agosto de 2013

Não existe almoço grátis!



A frase acima, por muitos atribuída ao economista Milton Friedman, mas sem autenticidade comprovada, retrata bem o único item que chamou a atenção da mídia em geral sobre o "Estatuto da Juventude", assinado ontem pela presidentA.

Particularmente sou contra esse estabelecimento de "meia entrada" apenas por faixa etária, pois nada é de graça nesse mundo. Alguém está pagando a conta e com certeza absoluta não é o governo, mas sim quem é obrigado a pagar a entrada inteira. Logicamente, que as empresas embutem em suas planilhas de formação de preços, as gratuidades e as "meias", para estabelecer um preço geral, que, no fim, acaba sendo oneroso também para quem paga metade.

Sou a favor que essa gratuidade fosse estabelecida para pessoas segundo a faixa de renda. Aí sim, seria uma forma de democratizar a informação, a cultura, o lazer e as possibilidades de locomoção.

No entanto, o estatuto não trata apenas disso e tive a curiosidade de procurar o texto através do Google, para fazer uma leitura completa. Ele é repetitivo no que diz respeito aos "Direitos Constitucionais", que não são inerentes apenas aos jovens, mas sim a todos e a todas brasileiros e brasileiras. Aconselho a quem interessar, que procurem conhecê-lo.

Há, porém, dois itens que, esse sim, é que deveria merecer o destaque da mídia, para que a sociedade tome conhecimento e possa cobrar o seu cumprimento, especialmente os jovens. Trata-se do Capítulo IV, que trata do "Direito à Educação" e que diz logo no artigo 18: "Todo o jovem tem direito à educação, com a garantia de ensino fundamental, obrigatório e gratuito, inclusive para aquele que não teve acesso aos respectivos níveis de ensino na idade adequada."

O outro é o X, que trata do Direito à Profissionalização, ao Trabalho e à Renda.

Estes sim são temas caros e necessários aos jovens, dos quais eles precisam tomar conhecimento e cobrar seu cumprimento.

A quem interessar, eis o link para acesso ao texto: 


Recife - PE
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário. Sua opinião, sugestão e crítica construtiva, sempre será bem-vinda.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...