sábado, 24 de agosto de 2013

Porque hoje é sábado!



Não vivi herói.
Não morrerei covarde.
Fui por demais cotidiano e comum.
Exagerei, talvez no meio termo.
Não dei o grande berro necessário.

Andei ruas e ruas simplesmente
como um homem qualquer.

Mandei que a fama e a glória fossem
esperar-me na esquina.

Não quis fazer tragédia
do trágico da vida:
fiz comédia
Resultado: a pantomina.

E quem comprou ingresso ou veio de longe
para ver-me e aplaudir-me,
perdeu tempo e viagem,
pois apenas andei ruas e ruas,
herói nenhum, covarde nenhum,
um homem, simplesmente.

Poemas
Daniel Lima

Recife - PE
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário. Sua opinião, sugestão e crítica construtiva, sempre será bem-vinda.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...