quinta-feira, 20 de março de 2014

Passa a vida, passa o rio, passa tudo, PASADENA...



Imaginemos a seguinte situação: você, leitor, adquiriu uma casa velha e abandonada por R$ 10 mil. Alguns meses depois lhe aparece um gerente de uma construtora (ele não é o dono da construtora, apenas o gerente, mas tem autonomia para tomar decisões) e diz que compra a metade da mesma casa de você, por R$ 200 mil, prometendo que decorrido algum tempo comprará a outra metade, desta vez por R$ 500 mil.

E me dirá você, caras e caros leitores, que certamente eu me prevaleci de minha posição na empresa, para empregar mal os recursos que me foram confiados. E, pior ainda, que na verdade, aquele valor que eu afirmei que paguei, na realidade foi bem menor e que eu embolsei a diferença. Ou seja: eu seria um reles ladrão.

Guardadas as devidas proporções foi EXATAMENTE ISSO que aconteceu na compra de uma refinaria de petróleo, em Pasadena, nos EUA, adquirida pela Petrobrás.

Em 2005 uma empresa belga comprou essa refinaria por US$ 42,5 milhões. Em 2006, vendeu à Petrobrás, metade da refinaria, por US$ 360 milhões. Em 2012, vendeu a outra metade por US$ 820,5 milhões. Ou seja, a Petrobrás pagou US$ 1.180,5 bilhão, quase 28 vezes o valor da aquisição e, o mais grave, por uma refinaria totalmente sucateada.

Nossa, mas quem autorizou esse negócio? A incompetentA da presidANTA dilma roussef, quando era presidente do Conselho de Administração da Petrobrás.

Digamos que ela não seja uma ladra e que não tenha agido para beneficiar políticos petralhas, inclusive ela própria. Que competência tem essa criatura para ser presidente de um país como o Brasil?

Que as investigações feitas pelo Ministério Público e pela Polícia Federal, tenham cabo e apontem, de fato, quem se beneficiou dessa farra com o SEU, MEU, NOSSO suado dinheiro.


Recife - PE
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário. Sua opinião, sugestão e crítica construtiva, sempre será bem-vinda.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...